Postagem em destaque

Por que não devo receber a Eucaristia?

Imagem retirada da Internet Primeiramente é preciso entender que no Evangelho de Mateus 19:3-9 -... Alguns fariseus aproximaram-se de...

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

3º ECSUC (ENCONTRO DE CASAIS EM 2ª UNIÃO COM CRISTO)


Agradecemos muito a Paróquia Bom Pastor de Linhares que vem usando de maneira muito criativa o material desse blog para trabalhar com os casais em segunda união. 
obrigada pelo carinho e pelo convite e dia 15 e 16 estaremos não só assessorando mais participando desse encontro que tem objetivos tão nobres de acolher e educar esses casais para o amor que Jesus Bom Pastor nos ensina em sua misericórdia!



PARÓQUIA BOM PASTOR - PASTORAL FAMÍLIAR
SETOR CASOS ESPECIAIS
Sábado 15/09/2012

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Pastoral familiar....



Sinônimo de amar...
Amar a família na sua real dimensão...
Lutar pela família com paixão.
Ser pastoral Familiar é conhecer a prática de ser família!
Conhecer a alegria de escutar e ver as pessoas crescerem e experimentar a partilha!
Ser pastoral Familiar é estruturar...
É alimentar o Espírito com a Misericórdia de Jesus Bom Pastor!
É preparar para o matrimônio...
É acompanhar o depois do Matrimônio,
É amar aqueles que se sentem excluídos.
Ser Pastoral Familiar é entender o outro...
É visitar...
É articular...
É encaminhar...
É coordenar...
É realizar!
Ser Pastoral Familiar... é aprender a recomeçar!
Aprender a ter outro olhar!
Pastoral Familiar é para a Família...
Da gestação à morte natural!
É informação...
É formação...
É dedicação...
É a Graça de Deus!
Pastoral Familiar é voluntariado...
É Entrega...
É compreensão!
É ser feliz ajudando o irmão!!!
Quem pode participar?

Quem está disposto a amar!
Quem não consegue excluir!
Pastoral Familiar é vida gerando vida,
É família evangelizando Família!

Angela Del Rey.
05-09-2012


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

A Família


A Família, presente de Deus... Santuário da Vida... Escola de Fé... Podem-se enumerar grandes missões que a família tem. Muitas dessas missões estão sendo esquecidas, talvez porque um número tão grande de opções esteja sendo oferecidas, opções essas, nem sempre tão produtivas. Mas me pergunto hoje se essa modernidade toda seria a única causa de conflito e desestrutura da família? Ou será que a falta de interesse e de comprometimento com os serviços que tem o objetivo de resgatar a família também não tem contribuído pra que cada vez mais a instituição família se perca em seus valores. Estamos na era em que todos nos sentimos perdidos, que falta um porto seguro, as pessoas estão desesperadas para conseguir uma motivação para viver, mas o que chega mais fácil nela? A Pastoral Familiar ou a desvalorização humana pregada pelos meios de comunicação social? Os serviços a favor da Família ou as drogas? Como podemos agir a favor da Família se quem deveria se importar, não está nem aí? Todos os problemas sociais que envolvem o indivíduo hoje são porque ele veio de uma família desestruturada, todos dizem isso, mas a pergunta é, o que estamos fazendo por essas famílias? Até que ponto estamos querendo dar a cara pra bater por essa causa, será que não fazemos parte desse contexto? Será que não somos afetados? Será que já estamos anestesiados? Quantas famílias vivendo sem o seu direito vital que é a dignidade, quantas famílias vazias de valores, de amor, de relacionamento, de proteção, de fé. Até quando vamos nos calar?
A Semana Nacional da Família vai acontecer em todo Brasil terceira semana de agosto, mas não somos capaz de parar e montar um projeto a favor da família, ou somos? Somos e vamos, sei que em muitos lugares do Brasil, que a Pastoral Familiar tem apoio, ela vai movimentar essa semana, e com certeza terão muito menos motivo para reclamar, pois com fé, amor e muito serviço é que o Reino de Deus vai sendo construído.
Angela Aparecida Cassemiro Del Rey

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Homenagem recebida de uma pessoa muito Especial

O Nosso blog tem sido visitado por várias pessoas em todo mundo, mas algumas entram em contato e dentro do possível tentamos ajudar, mesmo dentro de nossos limites, ser instrumento de Deus na comunicação e evangelização dessas pessoas faz parte do nosso trabalho, se informar pode aliviar a grande dor dessas pessoas, por que não fornecer as informações? assim recebemos o carinho dessa pessoa que se sentiu ajudada e quis nos homenagear, recebemos com muito amor essa demonstração de agradecimento! abraço Fraterno e a Paz de Jesus Bom Pastor!!!!
video

terça-feira, 8 de maio de 2012

Homenagem aos participantes do II Encontro de Casais em Segunda União

video
Homenagem aos participantes do II Encontro de Casais em Segunda União da Paróquia Menino Jesus de Praga, Bancários - João Pessoa. Encontro aconteceu nos dias 28 e 29 de abril com a presença de 13 casais de diversos bairros da Capital.
Apoio do nosso blog a iniciativa tão louváveis de formação e informação a estes casais... Parabéns a equipe que promoveu o encontro, a paróquia que acolheu e aos casais que saíram com certeza, mas aliviados e mais fortes espiritualmente! Deus os abençoe!

terça-feira, 3 de abril de 2012

continuando a conversa...

Meu nome é Angela, nasci no dia 17 de dezembro de 1970 e fui criada dentro de uma família católica, não muito praticante, mas que sempre me passou princípios morais e religiosos, amo muito minha família e foi minha vó e madrinha que do jeito dela me levava todos os domingos a missa e me ensinava muito do que sei, com o passar do tempo, comecei num grupo de reflexão, junto com ela, e aí nasceu a primeira leitura, o primeiro comentário e a primeira turma de catequese. aprendi a amar muito a Igreja e a fé que escolhi para professar.
Quando me casei aos 20 anos, casei pra sempre e a separação não fazia parte dos meus planos, nem pensava nisso, aprendi que casamento era pra sempre e ainda acredito nisso e defendo essa bandeira. Não tive a melhor das preparações, mas me achava preparada, buscava sempre ser a melhor esposa e logo em seguida a melhor mãe! com um ano de casada, já tinha a minha primeira filha vindo ao mundo e iluminando nossa vida.
O meu casamento, não foi um erro, mas erramos muito em relação a ele. Sei que era muito nova e tinha a prepotência da maioria dos jovens em pensar que sabia tudo, mas na verdade ainda tinha muito comportamento de criança, mesmo estando numa idade de moça, e de mulher! A vida nos ensina que nem sempre é possível ter consciência do que realmente somos e do que realmente queremos. Não quero colocar a minha responsabilidade em nada e nem em ninguém, mas compreender o que de fato, me conduziu naquele contexto, em que a única expectativa era de felicidade e não de tantas decepções e desacertos.
 Apesar de "saber tudo", como pensava - eu simplesmente me comportava como um nenem, fazendo pirraça, querendo o controle de tudo e todas as atenções para mim. não tive forças para lidar com o que eu não queria de maneira alguma admitir, que não estava pronta, que não sabia nada daquela nova experiência e que nada daquilo era uma brincadeira inconsequente, um novo joguinho e que eu, exatamente eu, que "sabia tudo" precisava crescer!!!
....

terça-feira, 27 de março de 2012

Conversando sobre...

Queridos amigos, já faz algum tempo que não me dedico ao blog, mas quero que saibam que sou muito grata pelas visitas e comentários. Hoje resolvi escrever um pouquinho, a vida as vezes te leva com tanta força, numa correria imensa, que nos afastamos do que mais amamos e posso dizer que amo a Pastoral Familiar e toda essa grande maravilha que é a FAMÍLIA. Somos um casal em segunda união e gostamos de ajudar as pessoas a conhecer melhor essa nova realidade de família que hoje merece uma atenção especial, não somos mais especiais que ninguém, todos nós somos muito especiais, mas parece que tem sempre alguém, que precisa de atenção e carinho, que precisa se sentir "fazendo parte". É essa toda questão, por que não?

Aí que entra a nossa vontade de esclarecer, de formar, de ajudar. Pois não há motivo para temer, não há motivo pra sofrer, há sim uma grande necessidade de se aproximar, de permitir o abraço do PAI que nos aguarda de braços abertos e com o coração transbordando de misericórdia. Sim, tudo isso é verdadeiro, mas será que estamos prontos pra voltar? Será que sabemos como voltar? Ou será que estamos presos demais as nossas culpas, preconceitos, revoltas e mágoas?
Bom continuamos essa conversa amanhã.... podem colaborar com ela e vou adorar levar essa conversa até vocês! obrigada a todos!

Angela Aparecida Cassemiro Del Rey